segunda-feira, Outubro 14, 2013

Um momento (quase) romântico

0 Já comentaram a caixa
Ele olhou para ela, sorriu... Agarrou-a com força e pegou nela ao colo... Sorrindo deu uns passos e mandou-a para cima do sofá... Seguidamente sentou-se em cima dele e... Começou a fazer-lhe cócegas!

quinta-feira, Maio 30, 2013

Tesourinhos

0 Já comentaram a caixa




sexta-feira, Março 15, 2013

Hoje é dia do consumidor... Pandora recorda que às vezes que o consumo não foi a opção

1 Já comentaram a caixa
Passeava descansada no OlimpoMarket quando (finalmente) chegou junto da secção de papel higiénico, era o último item da lista e depois poderia ir para casa. 
Mas aquele pack de 12 rolos era especial, era duplamente o único... também não havia mais na prateleira e Pandora não tinha vontade de pagar (mais) por um que não fosse de marca branca. Agarra no item, toda contente que ainda apanhou o último, quando se vira a senhora (ligeiramente enorme) atrás de si tira-lhe o papel higiénico da mão!
Meia incrédula a semideusa franse as sobrancelhas:
- "Desculpe?!"
- "É o último e eu quero!" - retorque a senhora sem qualquer sorriso, esboçando mesmo um ar ameaçador
- " Mas eu vi e agarrei primeiro por isso com licença!" - E tira o papel das mãos da senhora e começa a correr pelo OlimpoMarket até chegar à caixa.

segunda-feira, Fevereiro 25, 2013

O Grito (e não é o quadro)

0 Já comentaram a caixa
Estava Pandora nas compras quando se deixa levar pela música que escutava nos fones, quando dá um passo para trás e sente algo mesmo colado a si, instantaneamente a semi-deusa grita com o susto de ter um corpo estranho atrás de si.
Quando se vira vê todo o supermercado a olhar para ela e percebe que aquilo que lhe tocou foi nada mais nada menos que uma balança!

sexta-feira, Fevereiro 22, 2013

Nem tudo o que cai do elevador é sagrado

0 Já comentaram a caixa
Uma bela manhã de Inverno, Pandora estava no elevador do seu trabalho em direcção ao 5º andar, como todos os dias usava fones nos ouvidos que a impossibilitavam de perceber o mundo lá fora.
O elevador era antigo, tanto que a semi-deusa tinha uma relação de amizade/ódio com a porta, apenas a conseguia abrir empurrando-a com o corpo caso contrário ou alguém lhe abria a porta ou o seu escritório seria ali!
Por isso não foi novidade nenhuma para Pandora quando o elevador parou esta encostou-se à porta e empurrou, no mesmo momento em que alguém do lado de fora a abria... A porta de facto abriu, mas a semi-deusa foi com ela e caiu em cima do rapaz que apenas queria entrar no elevador!
Atrapalhada, levantou-se pediu desculpa e fechou-lhe a porta na cara!

quinta-feira, Fevereiro 21, 2013

O Chocolate faz bem à pele

1 Já comentaram a caixa
Pandora já estava da saída do ginásio quando o PT que conversava com a recepcionista sorri para Pandora e diz:
- "Desculpe incomodá-la, mas a senhora cheira mesmo bem..."
A semi-deusa pára, olha para ele um tanto quanto surpreendida, sorri e agradece. Parando 5 minutos para perceber o que se passava a recepcionista diz:
- "De facto a senhora cheira mesmo bem, é chocolate?"
- "Sim, o creme do cabelo e do corpo é de chocolate!"
Sorrindo o PT diz:
- "Não é enjoativo... E eu nem tenho grande olfato, a minha mãe pensou ou o meu filho ou vai ser bonito ou ter bom nariz. E pronto fez-me bonito!"
Pandora riu, e começou a despedir-se das pessoas, insistente o PT acrescenta:
- "Não sei se é o seu cheiro mas estou a ficar com vontade de comer chocolate!"
Pandora volta a rir e acrescenta:
- "Então vou passear um pouco pelo shopping assim as pessoas começam a comer mais chocolate, engordam e vocês ficam com mais clientes!"
O PT ri e por entre gargalhadas deixa escapar:
- "Veja lá não seja mordida enquanto passeia!"


quarta-feira, Fevereiro 20, 2013

Perdidos e achados

0 Já comentaram a caixa
Pandora não só mudou de template mas também de casa! E neste novo lar a semi-deusa tem que fazer a lavandaria num espaço comum o que facilitou o contacto com os vizinhos novos.
Certo dia Pandora estava a tratar das suas torgas e encontrou O Vizinho, sorriso branco, cabelos claros e uma certa timidez que o tornava sexy, poucas foram as palavras que trocaram... Mas passados alguns minutos ele toca-lhe à porta e diz com uma cara corada:
- "Acho que se esqueceu disto na máquina!"

E nas suas mãos estavam as mais conhecidas por cuecas da avó!
 

As Aventuras de Pandora Copyright © 2012 Design by Ipietoon Blogger Template